DECIFRA-ME OU DEVORO-TE

O que é um blog? Sabe, ainda não descobri por inteiro... Escrevo aqui quando estou inspirado, meio bêbado ou quando não estou fazendo nada... Tento ser sério e não falo nada útil... Tento ser engraçado, e acabo sendo sem-graça... É, acho que ainda tenho alguns problemas aqui... Mas, quem sabe a prática não ajude? O fato é que aqui falo muito de mim... Quase não falo de outras coisas, até porque, dentro do meu "egoísmo cotidiano", me sinto um tanto quanto deslocado... E quem sabe aqui, não consigo me decifrar melhor, entender o que acontece tanto no mundo real quanto no virtual? O que é um blog mesmo?

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Deveria ter um título?

Estou parado na frente da tela... Nada, nenhuma ideia, minha inspiração acabou faz tempo...
Escrevi apenas para dizer que escrevi... Fui um tanto como "cobrado" para isso...
Mas hoje o dia foi muito "morno" para qualquer coisa... O feriado, com chuva, com um milhão de coisas para fazer, mas sem vontade nenhuma para começá-las... Minha cabeça nunca está realment nas coisas que deveria fazer... Ah, a preguiça... A única coisas que me mexeu neste dia de hoje foi ter visto o imbecil do Gabriel Chalita (vereador, um "demente" da educação paulista) na TV. Ouvir a "oração do Chalita" todos os anos no antigo emprego era de matar...
Nem a fome me mexeu tanto... Que preguiça, que falta de vontade de fazer qualquer coisa... A cabeça longe...
Alanis Morissette tocando... Fiquei estranhamente viciado nessa guria desde o meio da semana... Tinha um cd, o Jagged Little Pill, que me foi furtado... Pela minha própria irmã!!! Um dos primeiros cds que eu comprei... Eu tinha ele antes mesmo de ter um som onde tocar... hehehehehehe
Ah, perai... R. R. Soares não dá, deixa eu trocar de canal...
Putz, nada... A TV é uma maldição!!! Nada de útil, mas me prende de uma forma bizarra!!!
Acho melhor começar a cozinhar e fazer minhas tarefas da aula de inglês... É, vou ter aula amanhã, nada de praia (mas também, com essa chuva)...
Por que escrevi tudo isso?! Bom, a solidão, a Alanis, a falta que "ela" faz... Que fazer? Queria algumas respostas, mas sei que não vou tê-las escrevendo aqui... Mas também, preciso tentar expor um pouco... Colocar pra fora... Que coisa maluca!!!
Coisa do mundo moderno, que dificulta ao máximo que você converse com alguém, que você possa falar o que você sente com alguém, pessoalmente... A internet é uma benção, e uma maldição...
Bom, por enquanto, ficarei por aqui... A ideia não é ter respostas, mas sim pensar um pouco nas dúvidas... Ah, e a barriga e o dever me chamam: o menu de hoje? Arroz, uma mistura qualquer, tang, lições de inglês, internet, talvez um filme...
Bjos do gordo

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Achados e perdidos


Incrível como este ano perdi coisas... E o pior, lembrei depois de as ter perdido... Isso é triste...


Se eu fizer uma lista de coisas perdidas, talvez até me perca no meio de tanta coisa: chave da casa da minha mãe, carteira com todos os documentos (encontrada depois pelo pai de uma aluna), óculos escuros (que sempre acho nos lugares mais inusitados), camisa da FFLCH do título de 2005 (vista passeando com novo dono na favela São Remo, do lado da USP), livro (que até agora não faço ideia onde foi perdido), máquina fotográfica (até agora não sei se foi furtada ou perdida), entre outras coisas que, ou não me dei conta, ou esqueci que perdi.


Fiquei pensando: qual o motivo de eu ter perdido tanta coisa assim este ano (ah, e o ano não acabou, e existem mais coisas a serem perdidas)? Será que o alto consumo alcóolico tem afetado minha memória? Será que o stress tem ocupado demasiadamente meus neurônios? Será que a idade biológica finalmente superou a idade real, e fiquei caduco?


Até alguns dias atrás, este assunto não me preocupava tanto... Porém, ao perder a minha camisa do título do time de futebol da faculdade, a coisa mudou de figura! Que acontece comigo?!


Bom, mas como sempre, há algo a se comemorar! Apesar de ter perdido tudo, até um tanto da minha dignidade (hehehehehehehe), encontrei coisas e pessoas que fazeram valer a pena tudo que aconteceu até agora, neste ano...


Entre achados e perdidos, por mais que os perdidos tenham trazido tristeza e complicações, fico ainda com os achados... Um brinde a tudo e todos os achados!!! Um deles, mais do que especial...


terça-feira, 17 de novembro de 2009

Um mundo complicado a ser descomplicado!

Este blog está bem desatualizado, por conta da correria do dia-a-dia, principalmente agora, no final do semestre... Provas, diários, trabalhos, chamados... Tudo ao mesmo tempo, agora!!!

Mas ainda sobra tempo para tentar ajudar os alunos, ouvir histórias, pensar no futuro... Enfim, tentar viver não só no "automático"...

E nessa de sair do "automático", lembrei de um vídeo que traduz um pouco disso tudo, mas que também é um dos desejos a se realizar... Quem sabe as coisas não se descomplicam? E se for o caso, eu ajudo a descomplicar...

video

"... de quem deixou a segurança do seu mundo/por amor... por amor..."